You are currently browsing the tag archive for the ‘artesanato’ tag.

Achei essa dica no site Mulher Criativa, espero que vocês gostem!

Imitação de Mogno

Modo de Fazer:

Material

Base Acrílica Vermelho
Óxido
Pátina Cera Chocolate
Pátina Cera Van Dicke
Volume
Laca Chinesa
Pincel 441 n. 18 / 456 n. 04 / 483 n. 12
Lixa D´água n. 600

Passo a passo:

1-Passar a Base Acrílica Vermelho óxido em toda a peça. Aguardar secagem
2-Lixar com a lixa dágua n. 600, umidecida na água. Limpar a poeira.
3-Passar com o auxílio do pincel 456 n. 4, a pátina cera chocolate, imitando veios de madeira.
4-em um suporte de vidro, adicionar Laca Chinesa e um pouco de pátina cera Van Dicke e Chocolate. Misturar o conjunto até desaparecer os carocinhos ou resíduos empelotados de pátina cera.
5-Aplicar a Mistura em toda peça, obedecendo o sentido dos veios criados.
6-Com o auxílio da Pátina Cera Van Dicke, e o pincel ainda úmido da mistura, faça leves veios de madeira com esta mistura mais forte no pincel.
7-Depois de seca e com o auxílio de um estêncil, aplique uma leva camada de Volume – Mural Color sobre o mesmo e aguarde a secagem.
8-Após completa secagem, aplicar uma camada fina e leve de Laca Chinesa Pura.
9-Aguarde secagem por 48 horas e aplique a Pátina Cera Chocolate, sobre os desenhos feitos com o auxílio do Volume – Mural Color.

Olá! A pátina é uma técnica excelente para dar uma cara nova para móveis de madeira velhos, renovando o ambiente sem gastar muito. Confira essas dicas para uma aplicação muito simples e bonita e exercite sua criatividade:

Materiais necessários:

– Lixa para madeira 120

– Tinta látex para a base (cor da sua preferência)

– Tinta látex para a cobertura (cor de sua preferência)

– Verniz à base de água

Como fazer:

– Confira se a madeira que receberá a aplicação está com a superfície bem lisa. Isso é muito importante para que o resultado final fique bom. Caso existam falhas ou imperfeições, cubra com massa corrida e faça o nivelamento com uma lixa após secar.

– Utilize uma lixa 120 para nivelar a superfície da madeira e retirar o verniz.

– Utilize tinta látex da cor de sua preferência para fazer a base. Após a aplicação, aguarde secar. Faça uma segunda mão da base, repetindo o procedimento.

– Após a base secar, pinte com tinta látex da cor de sua preferência diluída em água. A medida é uma parte de água para três partes de tinta. Passe o pincel de pátina rapidamente, para retirar o excesso de tinta e deixar as marcas da pátina. Deixe secar a seguir.

– Para finalizar, aplique verniz a base de água para fazer o acabamento da peça.

Você tem dicas para o trabalho ficar mais bonito ou outras idéias para aplicação da pátina? Me conte!

Fazer papel reciclado pode parecer muito complicado,mas não é, fazer é super simples de se fazer e ainda ajuda o meio ambiente.

Então vamos começar a fazer. xD

Receita de papel reciclado

Ingredientes

• Papel;
• Água;
• Moldura com tela fina;
• Panos;
• Colher;
• Bacias;

Modo de fazer

1. Deixe os papéis de molho durante 1 dia em uma bacia, tomando o cuidado para que todos os papeis fiquem cobertos de água;

2. Depois disso, despeje a “polpa” que você obteve em um liquidificador, bata com cuidado;

3. Despeje a mistura em uma bacia, grande o suficiente para que a tela caiba dentro da mesma;

4. Mergulhe a tela na bacia até que a mesma fique coberta pela mistura.

5. Retire com cuidado da bacia e alise o resultado com a colher;

6. Vire a folha em um pano, tomando muito cuidado para que a mesma não se desfaça.

7. Repita o procedimento quantas vezes desejar e deixe as folhas obtidas secar na sombra ;

8. E está pronto o seu PAPEL.

Fonte:

Primeiramente vou me desculpar pela demora do post, eu estava com problemas em minha conexão com a internet, mas agora acho que já está resolvido. hehe

O post de hoje será sobre como fazer um cachecol super fácil, prático e rápido para este tempo “maluco” que temos em São Paulo.

Passos

Você pega um pedaço duplo de lã comum, de preferência , na cor do cachecol, medindo aproximadamente 1.60m.
Dobra ao meio e vai dando nós como indicado abaixo e como você vê na foto:
a 27 cm do começo ;a 18 cm do anterior ;a 5 com do anterior e o último a 30 cm do anterior.





Pega um novelo da lã pérola da pingouin vai enrolando num CD como medida.















Enrole um pouco e corte. O corte deve ser feito apenas de um lado CD.















Repita o passo 2 com todo o novelo e reserve as tiras.















Agora começe amarrar as tiras no cordão inicial.
Amarre como uma franja de cachecol.
Inicie preferencialmente pela última ponta, ou seja, a de 30 cm.









Continue amarrando até prencher os 30 cm com as tiras, uma ao lado das outras, não precisa colocar muitas; só o suficiente para esconder o cordão.











Passe então para as outras partes que ao contrário da primeira que foi amarrada fechada, devem ser amarradas abertas preenchendo todo o círculo.











Amarre em todas as partes e obterá este resultado















Para usar deve passar a ponta que você fez por dentro do primeiro círculo de 27 cm, ou seja, o maior.















Fonte:Eu que fiz



Pegue um cesto de fibra, adicione tampo e rodízios e pronto: você ganha um misto de baú e mesa de apoio, fácil de levar para todos os cantos, podendo ser colocado em qualquer cômodo de sua casa. Escolha um modelo, tamanho e formato desejado.

O exemplo da foto é modelo em formato de caixote.

Materiais utilizados:
Cesto de fibra
Placa
de MDF
Cola branca
Pregos
Tinta esmalte fosca
Rodízios
Duas dobradiças
Passo I

Cole e pregue: uma placa fina de MDF (6 mm) foi cortada em sete ripas (5 x 45 cm), dispostas lado a lado. Cole-as a dois sarrafos de 9 mm (5 x 29 cm), colocados perpendicularmente às ripas, e pregue para reforçar.



Passo II
Pinte e parafuse: lixe o tampo e passe uma demão de tinta acrílica. Deixe secar, lixe novamente e aplique a segunda demão. Parafuse as dobradiças em uma borda do cesto e no tampo.





Passo III

Instale os rodízios: vire o cesto, apóie sobre um tapete ou pano, a fim de não marcar o tampo, e parafuse os quatro rodízios. Tenha o cuidado de alinhá-los para que a peça não fique bamba.

Use a criatividade decorando e organizando o ambiente de sua casa de forma prática. Agora que você viu como é muito fácil fazer, faça você mesmo. =D

Fonte: http://casa.abril.com.br/decorar/facavocemesmo/decorar_191901.shtml

Para as pessoas que adoram plantas e querem sempre deixar a sua casa com um ambiente mais bonito e renovado, inspirando-se nas novidades, mostraremos aqui como pintar plantas trepadeiras nas paredes, usando moldes vazados, de maneira simples e com resultado satisfatório.

MATERIAIS

– 2 máscaras de esncil para parede, com desenho de heras
– Tinta sec
a para estêncil (Dry Brush Stencil Paint) nas cores ocre, verde claro e escuro
– 3 broxas d
e tamanho médio
– Adesivo reposicion
ável em spray (3M)
– Palitos de madeira

1º No verso das máscaras, aplique um jato de adesivo reposicionável. Deixe secar por 5 minutos. No verso das máscaras, aplique um jato de adesivo reposicionável. Deixe secar por 5 minutos

Com um palito, retire do frasco uma pequena quantidade de tinta. Importante: é necessário tirar a película que se forma na superfície

Fixe a máscara na parede e aplique a tinta verde claro e a ocre sobre as folhas, de acordo com o efeito desejado. Para pintar, dê batidinhas com a broxa

Com outra broxa, use a cor verde escuro para realçar as bordas das folhas. Retire o molde quando todas as heras forem pintadas

Recoloque a máscara na seqüência da pintura, casando o desenho como o próprio molde indica

Continue a pintura, criando nuances. A tonalidade também pode ser controlada pela quantidade de tinta empregada

Depois de pintar toda a área desejada, encaixe a outra máscara (com folhas maiores) sobre o desenho finalizado. Recomece a pintura

Mude o estêncil de lugar, até completar todo o barrado. Lembre-se: a cor é sempre mais intensa nas bordas


Depois de pintar a extensão desejada, retire o molde. Evite tocar na pintura até que ela seque totalmente

Dicas úteis

– A tinta seca é à base de óleo. Por isso, não esfregue a mão sobre a pintura antes de 24 horas após a aplicação.
– A técnica também pode ser feita sobre madeira e tecido. Nesse último é recomendável, para melhor fixação, passar a ferro depois de 72 horas do término da pintura.
– Jamais fixe a máscara em uma parede suja. Para um bom resultado, a superfície a ser pintada deve estar lisa e livre de poeira.
– As heras ficam mais bonitas se você aplicar a tinta sempre das bordas para o centro. Outro detalhe: no meio da folha, aplique menos tinta.
– Tire partido das nuances: deixe algumas folhas com duas tonalidades e outras, com uma cor única.

Fonte: http://www.soldeamor.com/faca_facil/acabamento_estencil.htm

Para quem gosta de tudo organizado, no seu devido lugar, irá aprender como fazer o seu Porta-cartas com chaveiro. Desse jeito você pode separar todas as suas correspondências e não vai deixar suas chaves em qualquer lugar, evitando se esquecer de onde deixou.
O que está sendo ensinado nesta postagem é preto e branco, mas pode ser de outra cor, pois você pode pintar o seu porta-cartas de acordo com a cor da entrada da sua casa, para combinar com seu estilo.

Material:

-Uma porta de maleiro do tipo veneziana de 45 x 50 cm (encontrada pronta em lojas de acessórios para marcenaria)
-Tinta esmalte fosca nas cores preta e branca,
-Pincel chato
-Lixa nº 120
-2 m de plástico incolor de encapar cadernos
-4 puxadores cromados pequenos
-Tachinhas

Mãos-à-obra

Parte 1

Pinte a madeira: lixe a veneziana. Pinte de preto a parte ripada. Tenha o cuidado de não encharcar demais o pincel para evitar que a tinta escorra. Espere secar e passe a segunda demão. Para cobrir a moldura de branco, o método é o mesmo, mas serão necessárias três demãos.

Parte 2

Crie os bolsos: atrás da peça, na parte inferior, fixe o plástico com uma fileira de tachinhas na horizontal. Faça uma prega no plástico, criando um bolso que envolva duas ripas. Pregue com outra seqüência de tachinhas. Repita até terminarem as ripas e finalize prendendo em cima. Perfure a madeira e parafuse os puxadores.

Viu como é fácil e prático, agora basta usar e abusar da sua criatividade e vamos decorar a casa com esta peça super fácil de se fazer e util para todos os organizados e os esquecidos…hehe

Fonte: http://casa.abril.com.br/decorar/facavocemesmo/decorar_191760.shtml

A Universidade São Judas abre inscrições para o curso profissionalizante de Artesanato intitulado “Mãos que Criam”. Durante o projeto os alunos aprenderão técnicas artesanais como Sabonetes Artesanais, Mosaico, Encadernação e Embalagens utilizando materiais de baixo custo. Estes processos poderão ser utilizados para gerar uma fonte de renda, com a venda dos artigos e também com o ensino das técnicas.

Além das técnicas, curso apresentará um embasamento teórico sobre a importância da reciclagem e uma visão prática e divertida de sua reutilização para o cotidiano. Para o ingresso o interessado deve ter concluído o 5° ano do ensino fundamental e ser maior de 18 anos. O Mãos que criam acontece de segunda a quarta-feira, das 14h00 às 16h00. As aulas começarão em março de 2008.

As inscrições acontecem de 18 a 29 de fevereiro de 2008, das 14h00 às 17h00, através do telefone 6099-1922. Os candidatos passarão por entrevistas de avaliação de perfil. As vagas são limitadas.

“Mãos que criam” faz parte do Centro Educacional Profa. Alzira Altenfelder Silva Mesquita (CEAM). O CEAM, criado pela Pró-reitoria de extensão da Universidade, tem como objetivo formar jovens e adultos capazes de produzirem conhecimentos e formar cidadãos democráticos, incentivando a participação social ativa e crítica.

Fonte: São Judas

Modo de fazer:

Compre uma cestinha de madeira ou mande um marceneiro fazer. Pinte-a com látex branco, até cobrir a cor da madeira.

Dê várias demãos, intercalando a secagem. Depois passe uma lixa bem fina para tirar a aspereza. Limpe o pó. Coloque corante no látex (bem pouco para ficar com uma cor suave) e dê uma demão de tinta em toda a cesta. Franza 0,90cm de fita de tafetá nº 9 (pelo meio) e cole na alça da cesta. Nas laterais (boca da Cesta), cole a fita de tafetá nº 5 franzida no meio (0,90cm cada). Cole quatro trevos nº 3 com carinhas de biscuit, dos dois lados da cesta. De um lado da cesta (alça), cole um trevo nº 3 com carinha e do outro, mais quatro trevos no pistilo (igual à cesta de vime), um trevo nº 3 com carinha e um laço de fita transparente nº 9 com oito voltas (0,90cm). Depois, mais 0,30cm para cair as pontas.

Dica: Você pode fazer um conjunto de três potes para compor a cesta. Arrume três vidros com as tampas. Comece cobrindo a tampa com manta acrílica e cetim. Recorte as sobras do cetim. Meça o diâmetro da tampa e corte quatro vezes essa medida na fita de tafetá (ou cetim) nº5. Franza pelo meio e cole em volta da tampa. Faça um babado pregando com fita de cetim nº12. Cole uma fita nº1 pelo meio do babado e amarre em volta do vidro, fazendo um l aço. Em cima da tampa forrada, cole um trevo nº3 e uma casinha de biscuit.

O espaço de exposição do site da fixtudo esta fazendo o maior sucesso, cada vez mais é importante divulgar seus trabalhos para maior reconhecimento, então não fique de fora, vá lá artesão, modelista, e qualquer outro artista presente aqui e demonstre toda sua criatividade e seu belíssimo trabalho em um espaço apropriado.

http://www.fixtudo.com.br/

Parceiros

julho 2017
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31