You are currently browsing the tag archive for the ‘como’ tag.

Às vezes, a gente olha para as janelas de casa e dá a maior vontade de mudar a cortina, de tirar o tecido e por no lugar uma coisa mais leve, transparente…

A artesã Jane Dantas vai nos ensinar como se faz uma cortina de miçangas. É muito fácil e você faz em poucos minutos.


Material necessário:
– Tips ou terminais
– Miçangas de acrílico transparentes e azuis
– Fio de náilon
– Alicate de bico
– Argolas transparentes
– Varão alongador de 2 m
– Régua ou fita métrica


Modo de fazer:
Para começar, tire a medida do náilon para fazer os fios. Você vai precisar de 1,5 m para cada um. Cortando o primeiro, já meça e corte todos que você vai precisar. A quantidade depende do gosto de cada um: quanto mais fechada a cortina, mais fios serão necessários.
Com o fio já cortado, introduza a primeira miçanga e dobre o fio de náilon ao meio. Dê um nó e introduza as próximas miçangas, intercalando sempre três miçangas azuis e três miçangas transparentes.
Para a medida dessa cortina, que foi de 65 cm de altura, utilize 19 vezes três miçangas azuis e três transparentes.
Coloque as peças em dois fios de náilon juntos para deixar a cortina bem firme. Se no primeiro fio você começou com as três miçangas azuis, no segundo comece com três transparentes para alternar as cores na hora de pendurar no varão.
Depois de terminar a colocação de todas as miçangas, coloque o tip ou finalizador e, ao mesmo tempo, a argola, circulando em volta da argola e voltando as duas pontas de náilon dentro do tip.
Estique bem o fio, prenda o tip ou finalizador com alicate, aperte bem até ele ficar fixo. Para ter um melhor arremate, passe as pontas de náilon que sobraram por dentro da última miçanga e finalize com dois nós.
Use o alicate para cortar as pontas dos fios e queime com a chama da um isqueiro ou de uma vela. Todos os cordões têm que ter este acabamento.
Após fazer os fios, corte um pedaço de náilon com 5,30 m de comprimento para fazer o bandô da cortina.
Dobre ao meio e coloque uma argola plástica para começar.
Em seguida, junte os dois fios e ponha um tip, leve até a argola e fixe com o alicate.
No bandô, ponha só miçangas transparentes (20 pecinhas) e, depois da última, coloque um tip e uma argola.
Passe as duas pontas do fio de náilon novamente no tip, estique os fios, aperte o tip e continue colocando as miçangas transparentes na seguinte ordem: 20 e uma argola até preencher o comprimento do fio.
Corte a ponta que sobrou e queime.
A montagem da cortina é bem fácil.
Primeiro, encaixe a primeira argola do bandô no varão. Em seguida, coloque seis fios da cortina, alternando o que começa com azul, com branco e assim por diante.
Depois do sexto fio, coloque a segunda argola do bandô e outros seis fios. Faça isso até o final.
No final, feche com o acabamento do varão e está pronta a cortina de miçangas.


Custo total: R$ 150,00
Preço sugerido para venda: R$ 300,00

Anúncios

    Material:

  • Tear retangular de 60 pregos.
  • Tesoura.
  • Agulha de crochê.
  • Agulha de costurar tapeçaria.
  • Lã.


DICA- Fica mais fácil trabalhar a lã enrolada em uma bola, pois o novelo corre o risco de se enroscar todo.
É aconselhável colocar a bola em um saco plástico para não sujar.
Divida o tear para o centro, o prego nº30.

1- A franja, faça 2 fios com nó formando 2 alças.

2 –No prego nº30 coloque uma franja uma alça em cada lado do tear.

3- Agora coloque mais uma franja para direita ou esquerda(tanto faz).

4- Faça um nó no começo da lã deixando uma alcinha.

DICA- A artesã sugere que se faça duas setas nas pontas do tear para que não se vire o tear e não dê diferença no ponto. A seta deverá estar sempre voltada para o artesão.

5- Encaixe a alcinha na primeira franja à direita.

6- Trançar em ponto 8.

7- Puxar a alça debaixo.

8- Deixando por cima do trançado. Tanto nos pregos da frente quanto nos pregos de trás.

9- A linha do trabalho estará a esquerda, colocar uma franja à direita no prego seguinte!

10- Voltar com a linha trançado em 8 até a franja colocado. Agora a linha está à direita.

11- Puxe a alça debaixo passando por cima do trançado.

DICA- Sempre abaixe o trabalho para ficar firme, puxando pela franja para o ponto fixar o outro ponto.

12- Coloque uma franja à esquerda.

13- Trance em 8 puxe a alça de baixo para cima.

14- Está ficando assim. Repita o processo até o último prego para arrematar.

15- Corte a linha e com a agulha de crochê puxe a primeira alça.

16- Junte à alça de trás.

17- E passe por detnro da primeira deixando bem folgado.

18- Intercale como se estivesse arrematando um crochê normal. Pegando sempre uma da frente e uma de trás, até o final.

DICA- Para fazer o cachecol a maneira de tecer é a mesma.
A diferença é que a franja é colocada toda de uma vez. Normalmente em 25 a 30 pregos.
Tecer, arrematar e colocar a franja odne arrematou.

19- No último ponto sobrará uma argolinha, passe a franja por dentro dessa argola.

20- Onde cortou o fio de um nó e abra o trabalho puxando pelas laterais.
Produção
Produção

Modo de fazer:

Compre uma cestinha de madeira ou mande um marceneiro fazer. Pinte-a com látex branco, até cobrir a cor da madeira.

Dê várias demãos, intercalando a secagem. Depois passe uma lixa bem fina para tirar a aspereza. Limpe o pó. Coloque corante no látex (bem pouco para ficar com uma cor suave) e dê uma demão de tinta em toda a cesta. Franza 0,90cm de fita de tafetá nº 9 (pelo meio) e cole na alça da cesta. Nas laterais (boca da Cesta), cole a fita de tafetá nº 5 franzida no meio (0,90cm cada). Cole quatro trevos nº 3 com carinhas de biscuit, dos dois lados da cesta. De um lado da cesta (alça), cole um trevo nº 3 com carinha e do outro, mais quatro trevos no pistilo (igual à cesta de vime), um trevo nº 3 com carinha e um laço de fita transparente nº 9 com oito voltas (0,90cm). Depois, mais 0,30cm para cair as pontas.

Dica: Você pode fazer um conjunto de três potes para compor a cesta. Arrume três vidros com as tampas. Comece cobrindo a tampa com manta acrílica e cetim. Recorte as sobras do cetim. Meça o diâmetro da tampa e corte quatro vezes essa medida na fita de tafetá (ou cetim) nº5. Franza pelo meio e cole em volta da tampa. Faça um babado pregando com fita de cetim nº12. Cole uma fita nº1 pelo meio do babado e amarre em volta do vidro, fazendo um l aço. Em cima da tampa forrada, cole um trevo nº3 e uma casinha de biscuit.

Faça textura na sua agenda, vídeo retirado de um programa muito explicativo, ensinando a fazer textura de madeira na agenda…bom vejam vocês mesmos

Muito usado para decorar geladeiras e deixar a cozinha ainda com mais graça, o imã de geladeira pode ter qualquer formato e ser feito de vários materiais diferentes. Entre eles a porcelana é uma boa opção, ela pode ser pintada a mão, enfeitada com porcelana fria ou feita com decalque como é o modelo da mini tábua (primeira imagem) que mostrarei a seguir.

Material necessário:

– miniatura em porcelana

– tinta ouro 10% para porcelana

– pincel nº 10

– decalque (a venda nas lojas que trabalham com material de pintura de porcelana)

– cola

Recorte um decalque menor que o local a ser colocado e mergulhe-o em um recipiente com água.
Mergulhe o decalque até que ele comece a soltar
Coloque sobre a peça

Molhe o pincel no ouro e passe cuidadosamente em volta da peça formando um filete. Muito cuidado pois este ouro não seca, deve ser queimado em forno próprio para porcelana.

Depois de queimado, colar um imã atrás da peça, deixar secar por uma hora.

Depois de queimada esta peça pode ser lavada.


Caixa Gravata

Material:

  • Papel Paraná
  • Fita adesiva
  • Cola branca
  • Lápis
  • Pincel
  • Rolinho de espuma
  • Papel de presente
Modo de Fazer:
1 Transcreva o molde para o papel Paraná
2 Monte a caixa, colando as laterais na base e na tampa, prendendo com a fita adesiva.
3 Passe cola nas junções internas da caixa, deixe secar por, pelo menos, 4 horas e então, tire a fita.
4 Corte o papel de presente do tamanho do fundo e da tampa mais 1 cm.
5 Passe cola na caixa e cole o papel com cuidado para não enrugar.
6 Picote as laterais em excesso.
7 Com o pincel, passe cola na lateral superior da caixa.
8 Cole o papel picotado aos poucos.
9 Com o rolinho de espuma, passe cola na lateral da tampa e da base.
10 Corte a medida da lateral mais 1 cm e cole na caixa. Cole o papel restante no interior da caixa para arrematar.
Dica Não use esse formato de caixa para embalar gravata, o divertido é surpreender. Vale colocar de tudo: caneta, cueca, perfume…

Está como especial de natal, mas as dicas podem servir para qualquer época do ano, colocando estes artesanatos em lugares certos dão um certo destaque.

Video de como encadernar um livro ou um trabalho em casa. Aprendendo cada vez mais a fazer pequenos detalhes para deixar seus utencilios e afins mais visivelmente bonitos

Parceiros

setembro 2017
S T Q Q S S D
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930